Verão Paraná

BPMOA usa rapel para que médico e tripulante resgatasse homem no Salto dos Macacos, em Morretes

BPMOA usa rapel para que médico e tripulante resgatasse homem no Salto dos Macacos, em Morretes http://www.verao.pr.gov.br

Um rapaz, de 23 anos, foi resgatado pelo helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) na tarde deste sábado (29/02) após sofrer um acidente na região do Salto dos Macacos, na cidade de Morretes (PR). Por ser um local de difícil acesso, foi feito rapel dos tripulantes para fazer o atendimento, e depois a técnica Mc Guire para retirar o rapaz com segurança.

De acordo com as informações do copiloto da aeronave, capitão Alexandre Creplive Zem, o acionamento ao BPMOA foi pelo Corpo de Bombeiros, que informou a situação de um rapaz que caiu e bateu a cabeça e a coluna nas pedras. “Ele chegou a ficar desacordado e foi retirado da água pelas pessoas que estavam ali. Ao recobrar a consciência, ele sentia muita dor e não tinha movimentos nos membros inferiores”, disse.

O ponto onde ocorreu o acidente é de difícil acesso, e por isso a tripulação se preparou com vários equipamentos para fazer o resgate. “É uma área em que não como pousar, e que teríamos que descer nossos tripulantes por rapel para fazer os atendimentos ao rapaz”, disse.

Ao chegar no local, a médica e o operador aero tático desceram da aeronave por rapel. Durante os primeiros atendimentos foi verificado que fora a contusão na coluna não havia nenhum outro ferimento mais grave. “Tiramos ele pela técnica Mc Guire, uma manobra complexa em que a vítima é içada e fica presa a aeronave. Seguimos até um ponto em que fosse possível fazer o pouso e fizemos o embarque, levando ele para o Aeroparque de Paranaguá, onde já havia uma ambulância do Samu para fazer o encaminhamento ao Hospital Regional do Litoral”, disse o capitão Zem.
 
Nesta temporada de verão, esta é a segunda ocorrência no Salto dos Macacos em que o BPMOA fez atendimento. “É uma área de difícil acesso, e em janeiro fizemos um resgate bem semelhante a este, utilizando as técnicas de rapel e Mc Guire para fazer a extração da vítima”, complementou.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem