Parque do Monge atrai visitantes no primeiro fim de semana de reabertura
23/02/2021 - 12:23

O Parque Estadual do Monge, no município da Lapa, atraiu cerca de 1.000 visitantes neste final de semana. Devido à pandemia do Covid-19, são permitidas no máximo 500 pessoas simultaneamente no interior da Unidade de Conservação (UC).

O parque foi reaberto no sábado (20) com obras de melhorias para atender as exigências sanitárias da Covid-19 e melhor recepcionar os turistas. O espaço completou 61 anos de criação nesta segunda-feira (22). 

Localizado a aproximadamente 3 km da prefeitura da Lapa, o acesso ao parque se dá pela Rodovia do Xisto (BR-476) e, no perímetro urbano do município, pela Avenida Getúlio Vargas. Assim como todas as Unidades de Conservação do Estado, é preciso agendar e se cadastrar para visitar os atrativos.

Também é obrigatório o uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento social dentro da Unidade de Conservação. O diretor-presidente do Instituto Água e Terra (IAT), Everton Souza, destacou que o turismo de natureza se apresenta como uma alternativa para a geração de emprego, diante do atual número de desempregados no País.

“Lapa é uma cidade história com potencial ambiental enorme, como o Parque Estadual do Monge. A reabertura desse espaço é uma boa oportunidade para que os moradores da cidade possam utilizar a área como um ponto de geração de renda”, afirmou.

O IAT é um órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e atua na gestão de 71 Unidades de Conservação do Estado, sendo 29 Parques Estaduais.

De acordo com o diretor-presidente da Paraná Turismo, João Jacob Mehl, o turismo regional é o lema do Governo do Estado neste momento de retomada da pandemia. “A história da Lapa está dentro deste parque e, de acordo com a política do governador Ratinho Junior, nossa intenção é que o paranaense conheça os espaços dentro do próprio Estado”, afirmou.

MELHORIAS – Em uma ação compartilhada entre o Instituto Água e Terra (IAT) e a prefeitura da Lapa, o Parque do Monge tem novas estruturas de bilheteria e Centro de Visitantes. O IAT deve lançar, nos próximos dias, o edital para a reforma do espaço do café e outro edital deve ser lançado para a criação de um circuito de cicloturismo no interior do parque.

Segundo o diretor de Políticas Ambientais da Secretaria, Rafael Andreguetto, as obras duraram cerca de dois meses. “Em pouco tempo e somente em parceria com a prefeitura foi possível devolver o parque para a comunidade, a sociedade civil e principalmente para o turismo, para gerar emprego e renda ao município e marcar a história da Lapa”, disse.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias