Verão Paraná - Segurança

SegurançaA preparação dos bombeiros começou bem antes do início da Operação Verão, com capacitações específicas, como o treinamento voltado para salvamento em águas rápidas e situações de corredeiras, tanto nas áreas de rios como em regiões urbanas, para que os profissionais deem uma primeira resposta a inundações, alagamentos, enxurradas e “cabeças d´água”.

Nas praias, equipes dos bombeiros estarão distribuindo pulseirinhas de identificação para que pais e responsáveis possam colocar nas crianças e, dessa forma, todos curtam as férias com tranquilidade. É sempre bom lembrar de visualizar as bandeiras de identificação colocadas pelos guarda-vidas ao longo da orla e entrar no mar naquelas áreas em que haja um profissional dos bombeiros por perto.

Em caso de desaparecimento, deve-se procurar imediatamente um guarda-vidas, ligar para o telefone de emergência 190 ou, ainda, fazer uma comunicação por meio da Delegacia Eletrônica (www.delegaciaeletronica.pr.gov.br).

INVESTIGAÇÕES – Para atender de forma satisfatória os veranistas no litoral do Paraná durante esta temporada, a Polícia Civil terá reforço no efetivo para conduzir investigações e operações na região, com ações policiais urbanas, rurais, dentro dos balneários e pontos turísticos.

“A expectativa é que a Operação Verão Paraná seja tranquila e que possamos dar um bom atendimento para aqueles que procurem as unidades da Polícia Civil no litoral”, afirma o delegado Benedito Gonçalves Neto, coordenador da Operação Verão pela Polícia Civil. Haverá uma central de operações da corporação localizada na Rua da Fonte, em Matinhos, que fará a supervisão das delegacias em funcionamento.

“As cidades de Paranaguá, Antonina, Morretes, Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba terão seus plantões reforçados, onde todas as nossas atividades estarão voltadas para que tenhamos maior eficácia no atendimento as pessoas que nos procurarem”, acrescenta o delegado.

POLÍCIA TÉCNICA – Para agilizar serviços e o atendimento ao cidadão, a Polícia Científica do Paraná vai estabelecer dois núcleos temporários, em Matinhos e Guaratuba. Os locais serão responsáveis pelas atividades dos institutos Médico-Legal e de Criminalística, como perícias em locais de morte e todas as perícias de laboratório, com coleta de material biológico e laudos de exames de lesões corporais, além de análise em locais de roubo ou incêndio, por exemplo.

“Dessa forma, agilizamos a produção e a conclusão de laudos para casos como um veículo roubado e que seja recuperado pela polícia, que só devolve o carro para o proprietário após conclusão da perícia. Agilizamos essa tramitação e a resposta à população”, explica o perito e diretor do Instituto de Criminalística do Paraná, Daniel Felipetto, responsável pela Operação Verão dentro da Polícia Científica.


Telefones úteis

Recomendar esta página via e-mail: