Sanepar - Saneamento no Litoral do Paraná

O Litoral do Paraná conta com uma das melhores infra-estruturas em saneamento ambiental do Brasil. A água tratada disponível para todos e a rede coletora do esgoto sanitário oferecem qualidade e segurança para quem frequenta as praias do Estado.


Endereços das centrais de relacionamento da Sanepar nos municípios do Litoral:

Guaratuba
Av. Sete de Setembro, 19 - Centro

Matinhos
Rua da Fonte, 264 - Centro

Pontal do Paraná

Rodovia PR-412, 6330 - Ipanema

Morretes

Rua Marcos Malucelli, s/n - Centro

Guaraqueçaba

Rua Major Domingos Nascimento, 14



Contato com a Sanepar


Os clientes da Sanepar contam com atendimento pelo telefone 0800 200 0115. As ligações são gratuitas e o atendimento está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, em todas as cidades onde a Sanepar atua. As chamadas podem ser feitas de telefone fixo ou de celular, sem custos para o cliente. As ligações para o 0800 podem ser feitas de qualquer cidade do país. Pelo site www.sanepar.com.br é possível acessar vários serviços on-line da Sanepar.

Dicas de economia de água

NO VERÃO, USE A ÁGUA TRATADA DE FORMA RACIONAL
Nos meses mais quentes do ano, quando o consumo aumenta significativamente, é necessário ter novos hábitos de consumo da água.

ATITUDES QUE CONTRIBUEM PARA QUE TODOS TENHAM ÁGUA:
- Reduza o tempo do banho.
- Reduza o tempo da torneira aberta enquanto escova os dentes, ensaboa as mãos, lava a louça ou faz a barba.
- Lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada. Para “varrer” a sujeira, use a vassoura.
- Lave o carro usando balde: isso economiza água.
- Verifique se existem vazamentos no imóvel. Se houver, chame um profissional para fazer o conserto. Se o vazamento for na rua, ligue imediatamente para a Sanepar. O telefone é 0800 200 0115 e funciona 24 horas. A Sanepar tem equipes permanentes para fazer a manutenção em situações emergenciais.

Piscinas:


Se for de fibra ou de alvenaria, faça manutenções periódicas para garantir a qualidade da água, a saúde de quem usa a piscina e ainda economizar água. A complementação do nível da piscina deve ser feita fora dos horários de consumo elevado - antes das 10h e depois das 22h.
Se for piscina plástica, tenha cuidado na hora de escolher a piscina. Uma piscina de 5 mil litros armazena água suficiente para abastecer uma família de até quatro pessoas por 15 dias. Por isso, a água destas piscinas não precisa ser descartada todos os dias para não comprometer o abastecimento de outras famílias. Cubra a piscina quando ela não estiver sendo utilizada. Além de evitar que sujeiras caiam na água, também evita-se que a incidência da luz solar provoque a eutrofização, processo que provoca a proliferação de algas na água e também a aparição de outras bactérias.
Cobrir a piscina também evita que ela se transforme em foco do mosquito transmissor da dengue e de outras doenças (Aedes aegypti). A outra dica é não descartar todos os dias a água destas piscinas, evitando o gasto excessivo com a reposição da água.
Para manter a qualidade desses reservatórios, o morador pode adicionar uma colher (das de sopa) de água sanitária comum para cada metro cúbico de água, o equivalente a mil litros. O processo pode ser repetido uma vez a cada quatro dias, mantendo a água numa condição adequada por até 20 dias, se não for suja com terra ou areia, o que pode obrigar o morador a fazer a troca.
Sempre que possível, reaproveite a água. Exemplo: a água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para ensaboar a calçada, pisos, tapetes, tênis e outras peças. A água da piscininha também pode ser reaproveitada.
Prefira vasos sanitários que utilizam menos água para a descarga. Descargas com válvulas na parede consomem muita água. Regule a válvula para gastar menos. Prefira caixas acopladas ao vaso sanitário.
Reduza a lavagem diária de roupa. Acumule e use a capacidade máxima da máquina de lavar.
Sempre que houver interrupção no abastecimento, devido a manutenções programadas ou emergenciais, a recomendação da Sanepar é para que seja priorizado o uso da água para a alimentação e higiene pessoal. A limpeza de fachadas e calçadas, lavagem de veículos e rega de jardins são atividades que devem ser adiadas até que a situação melhore. Para saber se há previsão de manutenções, consulte o site www.sanepar.com.br

Todo imóvel deve ter caixa-d’água adequada ao número de pessoas que moram no imóvel, suficiente para o abastecimento por 24 horas. Escolha o tamanho adequado ao seu imóvel:
500 litros – para até 4 pessoas
750 litros – de 5 a 6 pessoas
1000 litros – de 7 a 10 pessoas


LIGAÇÕES DE ESGOTO 

Para orientar os proprietários dos imóveis a fazer a ligação correta, a Sanepar mantém, em caráter permanente, o programa Se Ligue na Rede, pelo qual funcionários da empresa vistoriam os imóveis, repassam as informações e concedem prazo para a correção das irregularidades. Os proprietários de imóveis, servidos por rede coletora e que não regularizarem a situação, podem pagar multa e ter a água cortada.

Durante a temporada, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, a Polícia Ambiental e demais órgãos atuarão em parceria para intensificar a fiscalização e impedir a poluição do meio ambiente.

Para regularizar a ligação de esgoto, os proprietários de imóveis podem agendar a visita telefonando para o número 115, ou comparecer pessoalmente em um dos escritórios da Sanepar no Litoral.

Recomendar esta página via e-mail: